fbpx

Não sabe o que é SEO para ecommerce e para que serve? Confira agora como aumentar a procura do seu site no Google com este incrível conjuntos de técnicas.

O SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de técnicas que busca a otimização para mecanismos de busca. Estas técnicas influenciam os algoritmos a definir o ranking da sua página no Google.

Os fatores de ranqueamento do Google são bem otimizados e buscam conteúdo de qualidade para o usuário, e para conseguir isso e agradar ao Google, é necessário esforço.

Afinal, quem não quer aparecer na primeira página? E isso não é diferente para o ecommerce, onde através do site que irá surgir o faturamento.

Por que investir em SEO para ecommerce?

Se você tem uma loja virtual é necessário que haja visitas para o usuário ver seus produtos e eventualmente comprar, certo?

O caso é que quanto mais pessoas verem seus produtos, mais chances de haver uma venda, e com o SEO isso é possível.

Uma otimização para mecanismos de busca trará diversos usuários através de palavras-chave, e dependendo do interesse em seu produto, e até mesmo por seu conteúdo, poderá o converter em um cliente.

Atualmente grande parte de produtos e dúvidas são respondidas através do Google, não importando se sua loja é virtual ou não.

Além disso, com o SEO você poderá:

  • atrair tráfego orgânico (não sendo necessário nenhum investimento em mídia);
  • atrair tráfego qualidade (pessoas com interesse no seu produto e/ou conteúdo);
  • ganhar autoridade, quando aparecer nos primeiros lugares de ranqueamento do Google (mostra que é confiável).
Um botão no teclado escrito SEO.

Checklist de otimização de SEO para seu ecommerce

Confira o checklist para otimizar o seu ecommerce e ter resultados em suas vendas, trazendo muito mais usuários a sua loja virtual!

Loja virtual responsiva

Páginas responsivas influenciam e MUITO na decisão de compra de um possível cliente, seja por otimização para smartphones, tablet como também pelo tempo de espera.

O tempo de espera deve ser curto, caso contrário, haverá cada vez menos pessoas e muito abandono devido à demora.

A falta de disponibilidade de recursos importantes também é muito importante (ainda mais na hora da compra em si).

O Google sabe quando uma página é responsiva e dá preferência a elas na hora de exibir as pesquisas.

Por conta disto as páginas mobile ecommerce devem ser adaptáveis para fazer transações e todas as compras online de uma forma que seja muito segura e intuitiva ao usuário.

Altere o nome das suas imagens

O nome do arquivo das imagens pode fazer a diferença em seu ranqueamento nas páginas do Google.

Tudo começa quando você importa uma imagem para seus servidores, ela pode vir com um nome padrão, mas que fará total diferença para o robô do Google.

Pense bem, é um robô que avalia tudo em sua página, mas como ele irá analisar uma imagem? Através do código que está nela, isto é, o nome salvo.

O robô lê as imagens da seguinte forma:

<img src=”IMG222938420.jpg”/>

Como o robô irá saber do que se trata? Não há nada informativo no qual ele possa relacionar o seu conteúdo, certo?

Por isto o nome do seu arquivo pode mudar o seu ranqueamento no Google, mesmo se tratando de uma etapa tão simples.

Faça uma descrição maravilhosa dos seus produtos

Se o SEO é para um ecommerce, então do que adianta trazer visitas a sua loja virtual se a descrição dos produtos for ruim?

Capriche na descrição, no seu marketing de conteúdo, de forma que o texto seja original e que prenda o interesse do leitor que está vendo o produto.

Também é necessário colocar a palavra-chave de forma suave, sem forçar e de forma que o usuário consiga entender.

Deixar as URLs das páginas mais atrativas

 As URLs das páginas devem ser mais atrativas e amigáveis, contendo somente palavras e hífens se possível.

É necessário que a URL seja de preferência curta e tenha a palavra-chave que será trabalhada na página logo no começo.

Caso esteja vendendo um caderno estilizado dos Vingadores, deverá ficar da seguinte forma:

www.nomedoseusite.com.br/caderno-estilizado-vingadores

Além disso, o robô gosta de tudo bem organizado, se possível em categorias e subcategorias, ficando da seguinte forma:

www.nomedoseusite.com.br/material-escolar/cadernos/caderno-estilizado-vingadores

Desse modo, sua página fica super amigável e atrativa para o robô ler e entender do que se trata.

Dicas bônus para dar um upgrade na sua estratégia

Palavras-chave são o principal para o SEO, mas você está fazendo direito? É importante realizar uma pesquisa para entender como os consumidores estão buscando seu produto.

A sua plataforma ecommerce não terá tanto tráfego quanto poderia, caso use palavras-chave “achando” que as pessoas pesquisam desta forma.

Você deve utilizar as MESMAS palavras chave que os seus clientes em potencial utilizam.

Caso eles pesquisem “mesa computador” sua palavra-chave deverá ser exatamente essa, e não “mesa para computador” ou “mesa de computador”.

Seja por estar no plural, ou por um erro gramatical, tudo impactará nas suas vendas posteriormente.

Palavra SEO sobre uma lupa.

10 Ferramentas para analisar o SEO do seu ecommerce

Em seguida, confira 10 ferramentas para analisar o SEO de seu ecommerce:

  • SemRush: é possível criar projetos e acompanhar a “saúde” do seu site, além de permitir pesquisas sobre seus concorrentes.
  • Google Analytics: de forma gratuita, é possível reunir dados de altíssima qualidade e bastantes detalhadas para seu SEO.
  • Google Search Console: foca nas pesquisas e também na otimização dos seus sites e em todas palavras-chave que foram escolhidas.
  • Uberssugest: esse site ajuda na pesquisa de palavras-chave de forma rápida e prática, tendo centenas de resultados.
  • WooRank: realiza uma análise de qualquer site e entrega um relatório de SEO.
  • Seoptimer:  avalia seu site e encaminhar relatórios (PDF), além disso realizam uma boa auditoria de SEO em sua página.
  • GeoRanker: para quem tem interesse de saber o que pessoas de determinada região buscam na internet.
  • Pingdom: analisa todos problemas de carregamento no site, e também a conectividade e problemas de domínio.
  • Wayback Machine: analisa sua evolução ao longo dos meses/anos, bom para saber se o SEO está dando resultados.
  • Check My Links: realiza um check-up na página em busca de links quebrados e/ou inválidos.

Hoje foram as dicas para um checklist completo para ver se o seu ecommerce está bem, mas caso queira aprimorar ainda mais seu SEO, conte com a gente e solicite já seu orçamento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Ficou com dúvida? Converse comigo!
%d blogueiros gostam disto: